segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Maze Runner - Correr ou Morrer de James Dashner

Opinião:
Como é costumo em mim, vi o filme antes de ler e ainda bem, porque gostei imenso do filme, mas amei o livro.
Acho que vou começar a ver os filmes em primeiro lugar, porque os livros por norma são sempre melhores, pois tem mais pormenores e este não é excepção.
O bom de se ver o filme em primeiro lugar é que quando lemos o livro já temos uma imagem das pessoas, objectos, sítios e animais na nossa cabeça.
Amei este livro e fiquei super curiosa com a continuação, acho que está muito bem escrito e despertou todos os meus sentidos.

Sinopse:
Quando desperta, não sabe onde se encontra. Sons metálicos, a trepidação, um frio intenso. Sabe que o seu nome é Thomas, mas é tudo. Quando a caixa onde está para bruscamente e uma luz surge do teto que se abre, Thomas percebe que está num elevador e chegou a uma superfície desconhecida. Caras e vozes de rapazes, jovens adolescentes como ele, rodeiam-no, falando entre si. Puxam-no para fora e dão-lhe as boas vindas à Clareira. Mas no fim do seu primeiro dia naquele lugar, acontece algo inesperado - a chegada da primeira e única rapariga, Teresa. E ela traz uma mensagem que mudará todas as regras do jogo.

domingo, 10 de dezembro de 2017

As Intruções da Pitonisa de Erik Axl Sund

Opinião:
Ultimo livro desta trilogia e para mim o melhor, vejo uma evolução neles que comecei a gostar.
Este livro foi o que mais me cativou e o que foi mais fácil de ler, não posso dizer que adorei, mas sim que gostei bastante e que me surpreendeu.
Apesar de não ser o meu género e de ser um pouco complicado, devido as imensas personalidades que aparecem e que não se sabe bem se fazem parte de uma só pessoa ou se são reais.
Este livro acabou se relevar uma boa surpresa, embora ainda tenha ficado com algumas questões.

Sinopse:
Um carro é devorado pelas chamas em Tantoberget. No interior, estão os corpos carbonizados de duas mulheres, as principais suspeitas dos assassínios em série das antigas alunas do internato de Sigtuna que Victoria Bergman frequentou. Na posse de uma delas, a polícia encontrou várias polaroides dos assassinados rodeados por túlipas amarelas. A detetive Jeanette Kihlberg compreende que, sob a aparência de suicídio a loucura mortífera prossegue o seu caminho. Sofia Zetterlund mantém as sessões de autoterapia para tentar, finalmente, compreender quem realmente é. Victoria Bergman recusa-se a ser dominada e ameaça continuar. Entretanto Madeleine, pensa na sua próxima vítima. É tempo de pagar.

Odeio-te e Amo-te de Sally Thorne

Opinião:
Já sabíamos que a linha entre o amor e o ódio é mesmo fina, e por isso é fácil de ser ultrapassada e foi o que aconteceu entre Lucy e Joshua. Colegas de trabalho que se odeiam profundamente, e quando é anunciada uma promoção no trabalho, ambos sabem que querem aquele lugar, mas só existe uma vaga. Começam a guerra entre os dois, mas o comportamento entre ambos começa a mudar, no elevador trocam um beijo e esse beijo vai logo começar a mudar as coisas entre ambos. É um livro interessante e bastante cativante e que nos leva a querer saber como é que vai acabar esta guerra.

Sinopse:
Lucy Hutton e Joshua Templeman odeiam-se. Não, não se trata de mera antipatia. Eles odeiam-se de morte. Quando são forçados a trabalhar juntos, a hostilidade entre ambos atinge níveis alarmantes. Basta ver a password do computador dela, por exemplo. Ou então observá-lo após cada confronto, enquanto desenha misteriosos símbolos na agenda. Joshua é irritantemente meticuloso (a ponto de usar sempre as camisas numa sequência específica), e desprovido de sentimentos. Lucy, pelo contrário, é divertida, espalhafatosa e excêntrica (a ponto de ter uma coleção de bonecos secreta).Mas a fasquia sobe ainda mais quando é anunciada uma promoção. Pois... há apenas UM lugar. E apenas UM deles poderá ocupá-lo. Se Lucy vencer, passará a ser chefe de Joshua. Se for Joshua a vencer, Lucy jura que vai pedir a demissão. Agora que a tensão está no auge, o comportamento de ambos torna-se cada vez mais estranho. E quando, no elevador da empresa, trocam um beijo capaz de derreter as paredes de aço que os rodeiam, surgem as dúvidas: será que se odeiam de verdade? Ou não passará tudo de um maquiavélico jogo?Encantador, divertido e romântico, o romance de estreia de Sally Thorne promete pôr os leitores em alvoroço...  e a ansiar que o ódio se transforme em amor!

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Angélica e Lorenzo: Linhas do Destino de Lettie S.J.

Opinião:
É um livro que nota-se que está mal traduzido, percebo que queiram puxar a Angélica como brasileira, mas até mesmo na introdução nota-se palavras que são em brasileiro do que em português e isso lamento a Planeta errou e bastante. Sobre o livro, é uma história interessante, a ver se sai a continuação ou se será daqueles livros que vamos ficar pendurados para saber a continuação da história como muito boas editoras fazem, em que os prejudicados são os leitores. São cerca de 360 páginas que acabei por ler num dia, e é uma história bastante romântica.

Sinopse:
Angélica sai do Brasil e vai morar em Portugal com a mãe, onde não contava enfrentar sérios problemas ao ser alvo da perseguição do líder de uma gangue. Corajosa mas muito sensível, ela consegue seguir em frente, mas a pressão é tanta que sente-se quebrar por dentro com o passar do tempo, ao ver muitos dos seus sonhos se despedaçarem. Quando está perto de entrar na universidade, Angélica conhece Lorenzo, que torna-se seu grande protetor. 
Lorenzo Costi é filho de um rico empresário italiano, herdeiro das empresas da família e sucessor do pai quando completasse 21 anos. Envolvido com problemas de violência na Itália, Lorenzo volta para Portugal, onde vai morar com a família da falecida mãe. Dono de uma personalidade complexa e sob tratamento médico para controlar seus episódios de fúria, ele tem dificuldades em controlar seu passado e direcionar seu futuro, até conhecer Angélica, uma garota predestinada e que precisava ser salva, mas que também acaba por salvá-lo. 
Numa trama envolvente que se inicia na adolescência e alcança a idade adulta, onde segredos de família, interesses pessoais e manipulação emocional entram em jogo, a única coisa certa é que quando o destino já está traçado, atravessam-se oceanos e percorrem-se continentes inteiros para que aquele que precisa salvar, encontre quem precisa ser salvo. 

Guarda-me Para Sempre de Brigid Kemmerer

Opinião:
Quando li a sinopse, fiquei logo com a pulga atrás da orelha para ver como é que esta história iria ser, e o resultado foi brilhante, era esperado sim, mas foi aquele mimo de ler e gostar de ler. Vemos duas vidas que têm bastante em comum, perderam alguém da família, e quando Juliet deixa uma das cartas que escreveu para a sua falecida mãe no cemitério, não esperava que Declan fosse ler a carta quanto mais responder e a partir daqui segue uma vasta correspondência entre ambos. Não vou contar mais, recomendo a leitura e que de certeza absoluta vão adorar. Os meus parabéns à TopSeller por mostrar que há bons livros e bons autores.

Sinopse:
Duas vidas que se cruzam por acaso. Um grande amor que nasce nas entrelinhas. Juliet ainda não conseguiu aceitar a morte da mãe. Quatro meses depois, continua a escrever-lhe cartas, deixando-as junto à campa, numa tentativa desesperada de manter a mãe viva e bem perto de si. Declan é o tipo de rapaz que todos temem. Depois de se meter novamente em sarilhos, é obrigado a prestar serviço comunitário no cemitério local. Além da sua má reputação, ele enfrenta também os demónios do passado. Quando Declan lê uma das cartas que Juliet deixou no cemitério, decide também ele escrever-lhe. Nasce assim uma relação magnética e inexplicável. As palavras que trocam por carta, dia após dia, são libertadoras e reconfortantes, e o amor vai nascendo nas entrelinhas do acaso. Até ao dia em que a vida real ameaça quebrar todo o encanto. Juliet e Declan estão prestes a descobrir coincidências terríveis que os mudarão para sempre. Muito mais do que uma história de amor! Uma viagem apaixonada pela magia dos acasos, que nos mostra que o destino pode ser, simultaneamente, cruel e fantástico.

Fome de Fogo de Erik Axl Sund

Opinião:
Este é o segundo volume de uma triologia que para mim é um bocado complicada de ler, pois não faz o meu género.
O primeiro foi bastante complicado de se ler, mas este até que foi mais cativante e intenso.
Apesar de ser uma história complicada até conseguirmos perceber as várias personalidades e se são reais ou não, este livro consegue ser uma evolução do primeiro e melhorar bastante...
Recomendo para quem gosta deste género, para quem não gosta é um livro difícil de entranhar, mas acho que vale a pena insistir.
Para mim foi uma surpresa agradável e estou muito curiosa de ler o terceiro volume.

Sinopse:
Os esforços de Jeanette Kihlberg para solucionar os casos dos meninos mortos são cerceados quando um homem de negócios é assassinado em Estocolmo, naquilo que parece ser uma morte ritualística. Alguns pormenores sugerem um ato de vingança. Mas vingança de quê? 
Entretanto, Jeanette continua à procura da desaparecida Victoria Bergman e as suas investigações levam-na a um colégio interno de elite, bem como à Dinamarca e a acontecimentos do seu próprio passado. Por seu turno, a psicoterapeuta Sofia Zetterlund tenta encontrar-se a si própria. À semelhança do primeiro livro desta trilogia, somos confrontados com voltas e reviravoltas e um final absolutamente inesperado.

A Obsessão de Nora Roberts

Opinião:
Mais um livro da Nora Roberts que gostei imenso de ler, uma leitura fácil e bastante agradável, apesar de ser uma história com crime e perseguição.
Embora seja uma história, a verdade é que há crimes horríveis e nem sempre se tem o ponto de vista da família, de como sofrem e das consequências que tem no futuro.
Só achei que foi muito fácil de identificar o segundo assassino, podiam ter complicado um bocadinho mais.
Se não fosse esse pequeno pormenor, seria um livro de cinco estrelas para mim...

Sinopse:
Naomi Bowes perdeu a inocência na noite em que seguiu o pai para a floresta. Ao libertar a rapariga que ele prendera na cave do celeiro, Naomi revelou a extensão terrível dos crimes do seu pai, condenando-o a uma vida de prisão perpétua. Anos mais tarde, a viver como Naomi Carson, uma fotógrafa de sucesso, encontra conforto na pequena cidade de Sunrise Cove e numa casa vazia a necessitar de reparações, longe de tudo o que conhece.
Naomi quer abraçar a solidão, mas os simpáticos residentes de Sunrise Cove convidam-na a abrir-se - especialmente o determinado Xander Keaton. Naomi sente as defesas a ceder e sabe que a sua nova vida lhe oferece tudo aquilo que sempre desejou. Mas os pecados do seu pai tornam-se uma obsessão, e quando o seu mundo é abalado por uma série de assassinatos, ela percebe que o passado está apenas a um pesadelo de distância.